Check list

Huffington Post, portal de noticias e blogs americano, elegeu as 50 cidades que se devem visitar. Eu já fiz a minha check list e nenhuma fica de fora. 8 cidades desta lista já cá cantam mas ainda é um rácio muito pequeno. Por mim, vou a todas por isso é melhor já fazer a mala!

1. Veneza, Itália

1 2. Sevilha, Espanha2 3. Nova Iorque, EUA3 4. Lhasa, China4 5. Rio de Janeiro, Brasil5 6. Londres, Inglaterra6 7. Marraquexe, Marrocos7 8. Petra, Jordânia8 9. Roma, Itália9 10. Varanasi, India10

 

Mais aqui! (Lisboa está na 23ª posição)

Parabéns, Portugal!

Um hostel é um tipo de acomodação caracterizado por preços convidativos e pela socialização dos hóspedes. Cada guest pode arrendar uma cama ou beliche num dormitório onde, na maioria das vezes, a casa de banho, lavandaria e cozinha também são partilhados. Os quartos podem ser mistos ou divididos por género mas também existem quartos privados. São ideais para viajantes com práticas de low-cost  e existem hóspedes que trabalham como recepcionistas temporariamente por troca de acomodação gratuita.

Os Hoscares – os mais prestigiados prémios dos Hostels – elegem todos os anos os melhores Hostels do Mundo e a votação é da responsabilidade dos amantes de viagens e clientes do site Hostelworld. Na 12ª edição foram premiados 11 Hostels Portugueses, razão para dizer – o que é Nacional é bom! 

Estão convencidos?! Se ainda não, então espreitem e façam as vossas reservas:

Home Lisbon Hostel, Lisboa

Melhor Hostel de Portugal – 2º Melhor Hostel da Europa – Melhor Hostel de Médio Porte do Mundo – Prêmio de Limpeza – Prêmio pelo Conjunto da Obra

Home Lisbon Hostel

 

Tattva Design Hostel, Porto

Melhor Hostel de Grande Porte do Mundo – Melhores Instalações – Melhor Custo-Benefício

Tattva Design Hostel Porto

Travellers House Hostel, Lisboa

2º Melhor Hostel de Médio Porte do Mundo – 3º Melhor Hostel da Europa

Travellers House Hostel Lisboa

 

Yes! Hostels, Lisboa

Hostel Mais Popular de Portugal – 2º Melhor Hostel de Grande Porte do Mundo

Yes! Hostels Lisboa

 

Yes! Hostels, Porto

3º Melhor Hostel de Médio Porte do Mundo

Yes! Hostels Porto

 

Goodmorning Hostel Lisbon, Lisboa

4º Melhor Hostel de Médio Porte do Mundo

Goodmorning Hostel Lisboa

 

Living Lounge Hostel, Lisboa

5º Melhor Hostel de Médio Porte

Living Lounge Hostel Lisboa

Lisbon Destination Hostels, Lisboa

6º Melhor Hostel de Médio Porte do Mundo

Lisbon Destination Hostels

 

Lisboa Central Hostel, Lisboa

7º Melhor Hostel de Pequeno Porte do Mundo

Lisboa Central Hostel

 

Lisbon Lounge Hostel, Lisboa

9º Melhor Hostel de Pequeno Porte do Mundo

Libon Lounge Hostel

 

Goodnight Hostel, Porto

9º Melhor Hostel de Médio Porte do Mundo

Goodnight Hostel Porto

 

Estes e mais Hostels em Hostelworld.com

É mesmo aqui ao lado!

Eleito uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, o Parque Nacional da Peneda-Gerês está a 45 minutos de distância do centro da cidade de Braga. É incrível como há lugares fantásticos tão perto de nós e muitas vezes nem nos apercebemos disso. Sempre que posso dou um saltinho ao Gerês. A paisagem é lindíssima para não falar do contacto privilegiado que se tem com a natureza. Ainda por cima, há zonas que são 1000 vezes melhores do que as ventosas e frias praias do Norte. A água é quentinha, não há uma ponta de vento e o único som que ouvimos é a natureza e a passagem ocasional de barcos, motas de água e praticantes de desportos aquáticos.  Como eu costumo dizer “isto é que é qualidade de vida!”

Próxima paragem é…

Este ano tem sido bastante interessante no que respeita a viagens. Comecei 2012 com uma ida a Londres e no mês de Março passei mais de uma semana a viajar por várias cidades de Itália. Nada mau, ah?! O próximo destino é Barcelona em Agosto com amigas. A última vez que lá estive foi em 2005, tinha então 16 anos e precisei de uma autorização dos meus pais para sair do país. Desta vez já não será preciso e vai ser mesmo bom relembrar a capital da Catalunha. Hasta luego, chica!

De volta!

Estive duas semanas completamente desactualizada mas valeu a pena! Vejam só a minha recente aquisição Italiana. É uma mala super funcional porque tanto posso usar ao ombro como mochila. Já agora a foto foi tirada na Piazzale Michelangelo em Florença, Itália.

O frio

Completamente desapropriado, tendo em conta que os dias têm estado muito quentinhos, mas apetece-me escrever sobre o frio, a neve e relembrar o tempo que passei na gelada Lituânia.
Estive em Erasmus durante seis meses na cidade de Vilnius
, capital da Lituânia, e tive a coragem de ir em pleno mês de Janeiro. Quando digo coragem não estou a exagerar nem um bocadinho. Para terem uma ideia a temperatura mais baixa foi de -25ºC. É verdade, alguém consegue imaginar o que é estar dentro de uma arca frigorífica? Eu sei bem o que isso é, mas sabem que mais, ADOREI! Não posso negar que foi um grande choque inicial mas o objectivo era esse, caso contrário não teria escolhido um país tão diferente do nosso para viver.

As condições climáticas influenciam bastante o nosso estado de espírito e nós, portugueses, somos uns sortudos. O sol é uma presença constante nos nossos dias e, fora o Cristiano Ronaldo, o Mourinho e o Fado, Portugal é conhecido no estrangeiro por ser um paraíso plantado à beira mar.

Voltando às temperaturas baixas, obviamente que com -25ºC o tempo máximo de sobrevivência no exterior é de 10min (e já com muita sorte!). Tudo parece congelar, as mãos, as pontas dos dedos, os pés e até mesmo o nosso cérebro. Nestas situações o aconselhavável é usar roupa em camadas e as peças não devem ser demasiado quentes. Para as meninas e para os meninos que se preocupam muito com o cabelo (como é o meu caso) é de evitar usar lãs porque o cabelo está constantemente no ar cheio de electricidade.

Sempre achei que era muito mais dificil vestir bem no Inverno. A roupa, tendencialmente, é mais escura. As grandes apostas passam por um bom casaco de Inverno e umas boas botas, peças que são mais caras do que as de Verão por isso é mais dificil variar. De qualquer forma, na Lituânia aprendi que mesmo com muito frio podemos estar bonitos. O segredo está nos pormenores como cachecóis, luvas, gorros, malas, para esconder o casaco de Inverno que usamos praticamente todos os dias e para dar cor ao look final.

Soube mesmo bem relembrar todos os trambolhões na neve, as “crises” de frio, o nariz sempre a pingar e o cabelo cheio de electricidade. Lembrem-se, ir é sempre o melhor remédio !