Insta’updates

fotografia 4

Está quase a chegar! (Porto)

fotografia 4

Já estava na hora (Amesterdão)

fotografia 3

É para todos os gostos (Amesterdão)

fotografia 2

Make decisions! (Amesterdão)

fotografia 1

Step by Step (Van Gogh Museum)

2013-09-21 17.42.32-2

Café com açúcar (Braga)

2013-09-14 18.39.46

D’bandada (Porto)

2013-09-09 19.02.27-2

Braga (Braga)

2013-09-08 00.26.15-1

Noite branca (Braga)

2013-08-24 11.40.47

Farol (Figueira da Foz)

2013-08-24 09.58.37-2

Quiaios (Quiaios)

fotografia 2

Mercado do Peixe (Aveiro)

fotografia 3Onde há música há baile (Francelos, Alijó)

fotografia 1

Há festa na aldeia (Francelos, Alijó)

2013-08-14 22.33.27-1

Noites de Verão (Guimarães)

 

Anúncios

Bad days are over

O meu estado de espírito é directamente proporcional ao estado do meu cabelo. Sim, sou assumidamente uma miúda “fútil” que amua se a ponta do lado direito do cabelo levanta. Já agora, o mesmo aplica-se ao lado esquerdo. Para mim o cabelo tem de estar suave, brilhante e LISO. Mas o destino quis que nascesse com uma juba inimiga da chuva, humidade e maresia (e eu que agora moro a dois passos da praia estou, literalmente, tramada). Qual crise qual quê, a minha luta faz-se todos os dias com escova, secador e mil produtos de queratina.

Como sou fofinha e boa menina hoje fui ao cabeleireiro e ofereceram-me um tratamento em vapor para manter os meus lindos cabelos lisos, suaves, brilhantes e, vá lá, para calarem as minhas reclamações e amuos constantes. Deixei o corte direito, voltei ao escalado e adoptei uma espécie de franja ao lado que vai dar um toque diferente a um penteado apanhado. Fiquei, ainda, a saber que o meu couro cabeludo revoltou-se contra o stress e ansiedade das últimas semanas e anda a expulsar uns “floquinhos de neve” irritantes. E, como não quero que lhe falte nada, trouxe um champóo para uma limpeza profunda.

Foi a última esperança para dominar o lado mais selvagem do meu cabelo. Se ele pensa que manda mais do que eu, está muito enganado!

vamos nessa_1

Dos pés à cabeça

O Inverno está a chegar! A hora muda durante esta madrugada e, enquanto o despertador atrasa uma hora, a noite chega mais cedo, os dias tornam-se mais frios e os casacões saem do armário para dar o seu ar de graça. Mas nem tudo é triste e sombrio. A colecção de Inverno está cheia de novidades e sugestões para alegrarem os nossos dias. Fiquem atentos aos must-have da estação e vamos virar isto de pernas para o ar.

(clicar nas imagens para aumentar)

Galochas e sapatos masculinos

As galochas não são propriamente uma novidade mas reinventam-se nesta estação. Destaco as galochas à cavaleiro e de cano curto. Outra grande sensação são os sapatos masculinos que já deram os primeiro passos no Inverno passado. Para dar um toque de feminilidade podem optar por um modelo com salto.

Bordeaux

O vermelho escuro do vinho Bordeaux dá um encanto especial à nova colecção. Já pisquei o olho a umas calças skinny e vamos lá ver se entram no orçamento do próximo mês!

Saias (e se forem curtas melhor!)

Saias lápis e minis são um it da estação. Gosto, particularmente, das mini de corte direito, em pele e acompanhadas com um camisolão, super feminino!

Os ‘ões

Camisolões e casacões seguem a tendência do oversized do último Inverno. Sugestão: peças mais largas devem ser acompanhadas por peças mais justa para não sobrecarregar o look final, logo camisolões combinam com saias de corte direito ou calças skinny. Quanto aos casacões fujam das cores sóbrias e optem pelas cores verde, azul, caramelo ou até rosa.

Biker jacket

Se está ou não na moda, que se lixe este este é, para mim, o modelo de casaco de eleição. Para as verdadeiras motard em todas as cores possíveis e imagináveis.

Rain coat

Não é bem novidade mas afirma-se nesta colecção como peça obrigatória para os dias mais chuvosos e não só.

Camisas xadrez 

Enganei-me no prognóstico mas foi por pouco. Em tempos escrevi que as camisas xadrez seriam um it da estação Primavera – Verão 2013 mas esperaram só um bocadinho para aparecerem em tons sóbrios e, por vezes, com um apontamento oversized.

Preto

Sempre elegante, sempre sofisticado e sempre na moda. Ter uma peça da cor preta no closet é OBRIGATÓRIO!

Malas geométricas

E porque nenhum outfit fica completo sem uma mala, eis que a geometria vem acrescentar o toque final da estação.

Arrendar com Paixão

Sonho com o dia em que terei algo meu. Não me refiro apenas a uma casa mas a algo como uma livraria, uma loja de roupa, decoração ou até mesmo um café. Ainda não sei bem o que será mas tenho a certeza que quero ter algo meu! Algo autêntico, decorado por mim, ao meu estilo e de que me possa orgulhar. Enquanto esse dia não chega tenho o meu blog a maneira mais prática (e, convínhamos, mais económica) de expressar as minhas ideias, gostos e sugestões.

Tudo isto para introduzir uma selecção de imagens de decoração que encontrei numa página do facebook – Arrendar Porto com Paixão. Esta página baseia-se no conceito de “Lovemark” do imobiliário que pretende que cada promoção resulte numa história de amor, numa relação. E, eu, não poderia estar mais in love por este pequeno loft no centro da Invicta que alia o antigo ao moderno, como eu tanto gosto.

vamos nessa_1 vamos nessa_2 vamos nessa_3 vamos nessa_4 vamos nessa_5 vamos nessa_6 vamos nessa_7 vamos nessa_8 vamos nessa_9 vamos nessa_10 vamos nessa_11 vamos nessa_12 vamos nessa_13Para mais informações é só clicar aqui!

M&M’s

Este fim-de-semana tem sido muito produtivo. Finalmente resolvi tirar as ideias que tinha guardadas no fundo do baú e concretizá-las. Ideias soltas, umas mais antigas que outras, mas que estavam aqui a martelar todos os dias como quem suplica por libertação. Ando muito poética, bem sei, mas vamos lá ao que interessa.

O que se segue é algo que gosto muito de fazer: juntar dois M’s – Música e Moda. Assim, decidi escolher várias músicas que caracterizam algumas das tendências fortes da Primavera – Verão 2013 mas que continuam presentes nos dias mais frios. Vamos ver se aprovam. 

American football  Icona Pop, I love it

Já escrevi sobre esta tendência que caracterizei como cheerleaders. Uma tendência mais teenager e quando ouço a musica I love it de Icona Pop só me consigo lembrar de miúdas com cadernos na mão e mochila às costas a apreciar, nos intervalos entre as aulas, os futuros másculos a jogar futebol.

The eye of the tigerKaty Perry, Roar

O padrão tigresse cedeu o lugar ao seu progenitor e, por todo o lado, não é só o olho mas o tigre por inteiro que se vê a passear por essas ruas fora.

Boho – Naughty Boy, La La La

La la la e la la mais la la. Nunca simpatizei, particularmente, com esta música mas sempre que a ouvia lembrava-me de indígenas, da América Latina, Índia e, claro está, padrões étnicos. Tendência que perdura e parece que veio para ficar. Às vezes canso-me um bocadinho mas não deixa de ter piada em determinadas peças, sobretudo em casacos de lã com cortes assimétricos.

Vintage – António Zambujo, Lambreta

Até parecia mal se não escolhesse pelo menos uma música cantada em e por um português. Já escrevi que gosto muito de António Zambujo e do seu jeito particular de cantar, da sua pacatez característica de Alentejano e letras condimentadas como é o caso da “Flagrante”. Em relação ao vintage está mais do que na moda ir ao baú da mãe, da irmã mais velha ou até da avó e vestir aquelas roupas que estavam completamente fora de moda mas que agora são um icon de sofisticação e individualidade.

The black – Wake me up, Avicii e Aloe Black

The man of soul, R&B e jazz junta-se a um excelente Dj e o resultado não poderia ser melhor. Esta música tinha de estar aqui apenas porque sim. Porque gosto, porque não me canso de ouvir mas não deixa de se enquadrar no estilo mais dark que têm sido tendência ao longo das últimas colecções. Dark não num sentido sombrio e triste mas na sofisticação e classe do look final. Eu que não era grande adepta da cor preta já começo a reconsiderar algumas peças (as californianas também ajudam!!).

Coisas que na minha (humilde) opinião não se devem fazer

Desculpem o tamanho do título deste post mas aquilo que hoje vos escrevo não deve ser ignorado. Um post que já ganhou raízes no desktop do meu computador mas que finalmente se tornou em mais do que uma simples ideia. Depois de horas, dias e meses de observação resolvi criar um conjunto de erros fatais que se resumem em combinações que, na minha humilde opinião, não resultam. Prestem atenção ao que se segue mas, for favor, não experimentem fazer isto em casa. Pode ser prejudicial para a vossa e para a saúde de todos os que vos rodeiam.

Erro fatal nº 1: Egoísmo colorido

Imaginação é algo que fica sempre bem (devidamente doseada, claro) mas nem sempre é fácil saber o que combinar com determinadas peças de roupa. No entanto, por mais que a criatividade nos falhe nunca mas nunca nos devemos deixar vencer pelo erro fatal nº 1 – egoísmo colorido – sobretudo se da cor laranja, rosa ou outra cor mais berrante se tratar. No entanto, nem as cores preta e branca se safam. Posso vir a mudar de ideias mas para já não estou naaaaada convencida.

vamos nessa_3

Erro fatal nº 2: Demasiados acessórios com a mesma cor

Poderia ser incluído no erro fatal nº1, no entanto, resolvi dar-lhe o devido destaque. Demasiados acessórios com a mesma cor não, por favor não!

vamos nessa_4

Erro fatal nº 3: Laços inapropriados

Laços e lacinhos são fofinhos mas nem sempre bem vindos, sobretudo se forem combinados com outros pormenores que vão, sem dúvida, sobrecarregar o look final.

vamos nessa_12

Erro fatal nº 4: Meias até ao joelho com botins

Não simpatizei desde o primeiro dia com esta mania de menina colegial e continuo a embirrar. Penso que não haverá reconciliação possível, não gosto e pronto!

vamos nessa_7

Erro fatal nº 5: Calças largas e curtas com sapatos altos

As senhoras “executivas” não tem uma tarefa fácil, no entanto a opção que aqui apresento está completamente fora de questão. Mas minhas senhoras, ainda há esperança. As calças lápis, por exemplo, combinam muito bem com saltos altos, sobretudo salto agulha, e conferem um look elegante e muito profissional.

vamos nessa_10

Erro fatal nº 6: Bijutaria exagerada

Não é nada, nada cool andar tipo Árvore de Natal. Não é que brincos, colares, anéis, pulseiras e afins sejam completamente incompatíveis contudo, na minha opinião, devem ser bem doseados quando colocamos lado a lado.

vamos nessa_14

Erro fatal nº 7: Oversized XXXXL

O oversized tem a sua piada mas em exagero transmite um ar muito desmazelado. As magrinhas devem evitar usar muitas peças XXL porque, além de correm o risco de desaparecerem dentro delas, vão parecer ainda mais skinny.

vamos nessa_15

Must have

Ó Vanessa, já voltavas às imagens, às tendências, aquelas coisas de meninas tipo a moda, não?! Se alguém ainda não o disse, já o pensou de certeza. Andei numa fase de inspiração literária com posts de desabafos e afins mas não me esqueci de me manter atenta às novas tendências.

vamos nessa

Assim, apresento-vos uma refinada selecção de imagens, que preparei especialmente a pensar em vocês, de uma tendência que está em GRANDE: colares. Eles andam aí, desde os mais delgados aos mais rechonchudos desfilam nos lindos pescocinhos das moças e não só. Faça chuva ou faça sol são, sem dúvida, um must have mesmo para os dias mais frios que estão a chegar.

(clicar na imagem para aumentar)